Começam as tratativas para implantar o Plano de Autogestão TRT5 Saúde

 Secom TRT5

Na foto, da eaquerda para a direita, a desembargadora Graça Boness, o presidente Valtércio de Oliveira e o auxiliar da Presidência, juiz Gilmar Carneiro

 

Para discutir a implantação do Plano de Saúde TRT5 de autogestão, aprovado na Sessão Plenária de segunda-feira (28), a comissão para implantação do plano, coordenada pela desembargadora Graça Boness, reuniu-se nesta terça-feira (29), com o presidente do Tribunal, desembargador Valtércio de Oliveira.

 São diversas etapas a serem cumpridas para a implantação definitiva do plano, de início, a equipe que vai administrar o sistema cedido pelo Tribunal Superior do Trabalho será treinada para a inserção dos credenciados e também dos usuários e seus dependentes no plano. O treinamento deverá ocorrer na primeira quinzena de agosto.

 Também estão sendo feitos levantamentos dos serviços complementares, que deverão compor o plano, previsto para ter início em setembro deste ano.

 A equipe de Organização e Métodos fará o fluoxagrama de trabalho, enquanto o Comitê de Saúde realiza pesquisa sobre a saúde de servidores que utilizam o computador durante toda a jornada de trabalho. "Temos que conhecer nosso público e as doenças que mais afetam magistrados e servidores", afirmou a desembargadora Graça Boness.

Um Conselho Deliberativo deverá ser criado para coordenar os trabalhos que, além do conhecimento e implantação do sistema gerenciador, criará rotinas de trabalho para a geração de extratos e realização do faturamento quando da realização dos procedimentos médicos.

 A página do plano já pode ser consultada na intranet, link saúde, onde todas as informações podem ser consultadas, e, em breve, terá disponibilizado o Regulamento do Plano.

 Leia mais:

 Magistrados conhecem plano de autogestão

Pleno aprova plano de autogestão em saúde do TRT/BA

 Secom TRT5 - (Léa Paula) - 30/7/2014