Amil: a partir de 1º/12 uso do token passa a ser obrigatório

Em agosto, a Amil lançou o token, que vem sendo implantado de forma estruturada e respeitando o tempo de adaptação que qualquer mudança importante exige. Trata-se de um código de segurança para o acompanhamento de atendimentos, cujo número o cliente recebe por meio de sms ou do aplicativo Amil Clientes (disponível para os sistemas android, IOS e windows phone -  Veja aqui como fazer).

Após esse período inicial de testes na rede credenciada, o projeto vai passar para uma nova fase: a partir de 1º de dezembro, o token passa oficialmente a fazer parte do protocolo de atendimento.

Esse movimento tem o objetivo de promover mais segurança e transparência para beneficiários e rede credenciada. Com a iniciativa, prever a redução do percentual de glosas, uma vez que o prestador terá a garantia de que o plano de saúde do cliente dá direito ao atendimento no estabelecimento e na especialidade desejados antes do procedimento ser realizado.

É fundamental que todos os clientes, inclusive você e seus dependentes passem a usar o token quando necessitarem solicitar qualquer tipo de atendimento. Para isso, é fundamental que mantenham seus dados cadastrais atualizados.

TRT5-Saúde - 13/11/2017 (Via: Amil)