Coordenadoria de Saúde divulga nota técnica sobre varíola dos macacos

Imagem de tubos de ensaio com com identificação monkeypox positive

A Coordenadoria de Saúde divulgou nesta sexta-feira (5) uma nota técnica com orientações a magistrados e servidores sobre a varíola dos macacos, uma zoonose causada pelo vírus monkeypox que pode ser transmitida de animais para os seres humanos e também se propagar entre as pessoas. O documento informa sobre como a doença pode ser transmitida, principais sinais e sintomas e recomendações para reduzir o risco de contaminação com a doença.

Dentre as sugestões está a lavagem regular das mãos com água e sabão ou fricção com gel à base de álcool, especialmente após o contato com a pessoa infectada, suas roupas, lençóis, toalhas e outros itens. Os mesmos cuidados se aplicam a superfícies que tenham sido tocadas ou que possam ter entrado em contato com as erupções cutâneas ou secreções respiratórias contaminadas, como utensílios e pratos, cadeiras e assentos, por exemplo.

A Coordenadoria recomenda ainda o uso da máscara nasobucal como um elemento adicional na prevenção da doença e, em caso de suspeita de contaminação, consultar um profissional de saúde habilitado para estabelecimento de diagnóstico e tratamento.

Secom TRT-5 (Lázaro Britto com informações da Coordenadoria de Saúde) - 8/8/2022