Ginástica laboral do TRT5 tem avaliação positiva entre participantes

Aproximadamente 90% dos magistrados e servidores que participam do Programa de Educação Postural e Ginástica Laboral do TRT5, ministrado em Nazaré e no Comércio, reconhecem que as atividades que vem sendo desenvolvidas nas sessões de ginástica laboral contribuem para minimizar os sintomas de cansaço físico e mental. A constatação é um dos resultados da avaliação do programa (clique em "Download do Arquivo" para baixar), divulgada esta semana pela Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP), por meio da Seção de Qualidade de Vida (SQV).

A pesquisa, realizada no período de 30 de outubro a 24 de novembro de 2017, buscou saber a percepção sobre os serviços prestados no período de março a novembro daquele ano, uma iniciativa prevista no Plano de Logística Sustentável do TRT5 para avaliar a participação dos servidores em ações voltadas para a qualidade de vida no trabalho. No período, a unidade recebeu 116 questionários preenchidos através do link da pesquisa, disponibilizado na intranet.

De acordo com a SGP/SQV, que faz o acompanhamento anual do programa, a ginástica laboral é bem avaliada por aqueles que participam, que sinalizaram como "bom" a maioria dos quesitos. Os assuntos mensurados incluíam os dias escolhidos para as atividades, o cumprimento do tempo de duração da sessões, a capacidade dos professores de motivar participantes, a diversificação dos exercícios, dentre outras.

Registros das sessões de laboral na semana do Carnaval

 

"Com base nos resultados que obtivemos, recomendamos a todos os gestores de unidades a estimular a participação de seus subordinados nas iniciativas desenvolvidas pelo programa", afirmou a servidora Daniela Mascarenhas, chefe da SQV. As aulas, como as realizadas na semana de Carnaval (fotos), apostam na descontração como forma de atrair e motivar os participantes. "A presença de mais servidores só enriquece as aulas, além de promover a qualidade de vida no ambiente de trabalho", acrescentou.

A SGP ressalta também a importância da pausa e participação efetiva nas aulas de ginástica laboral, que tem como meta a conscientização e sensibilização de todos para a aquisição e manutenção de hábitos saudáveis, redução do nível de estresse, eliminação de vícios posturais no desempenho das atividades profissionais como forma de prevenção de doenças, de dor e cansaço físico e mental.

Secom TRT5 (Lázaro Britto) – 22/2/2018 (com informações da SGP/SQV)