TRT5-Saúde divulga cartilha com orientação para uso eficiente do plano

O TRT5-Saúde divulgou uma cartilha para orientar e oferecer dicas aos seus usuários de como usar o plano de autogestão em saúde de maneira mais eficaz, visando garantir que ele tenha longa vida com serviço de qualidade e mensalidade controlada. Leia aqui.

Por exemplo, deve-se recorrer à urgência e emergência somente em casos de mal súbito, acidentes e outras ocorrências repentinas, pois os custos desses serviços são muito altos, e há exposição a possível contaminação. Outra dica é ter um médico de família (clínico geral) que deve ser consultado quando houver qualquer problema. Ele terá o histórico dos usuários, o que evitará custos e exames adicionais com especialistas.

Além disso, quando o usuário for a uma consulta médica, deve assinar somente uma vez a guia do plano e verificar se o documento condiz com o atendimento realizado. O retorno ao médico deve ser feito em até 15 dias sem novos custos, e por isso não se deve assinar nova guia dentro deste prazo. Outra orientação é levar exames já realizados quando for a uma consulta, inclusive exames preventivos, que podem auxiliar no diagnóstico. Muitas vezes não é preciso refazê-los.

Leia também: Amil encerrará convênio com TRT5-Saúde, disponibilizando seus serviços até 30/8

Secom TRT5 (Renata Carvalho) - 7/6/2021